Surfistas Do Instagram

16 Apr 2019 08:51
Tags

Back to list of posts

<h1>Fabrica&ccedil;&atilde;o Yoga: Posturas Pra Ativar Os Chacras Em 20 Minutos Em Goi&acirc;nia</h1>

<p>S&atilde;o Jos&eacute; do Rio Preto, 1964. Um adolescente acompanha de olho comprido o entra-e-sai dos brotinhos no Ve&iacute;culo Clube, point dos gr&atilde;-finos. Filho de um casal de professores cujos rendimentos davam para as contas da resid&ecirc;ncia (e veja l&aacute;!), Amaury de Assis Ferreira J&uacute;nior n&atilde;o tinha dinheiro pra fazer quota daquela turma.</p>

<p>S&atilde;o Paulo, 2007. Um cinq&uuml;ent&atilde;o de palet&oacute; bem cortado recebe tratamento de rei no restaurante A Encantadora Sintra, nos Jardins. Vai fumar, surgem com um isqueiro. Quer ingerir, um agrad&aacute;vel vinho lhe oferecem. Sorridente, levanta-se e vai ainda que sem necessitar pagar. Afinal, trata-se de Amaury Jr., o homem para quem as portas dos ricos est&atilde;o a toda a hora abertas.</p>

<p>A rota de ascens&atilde;o social do rapazinho humilde come&ccedil;ou quando ele percebeu que, como jornalista, conseguiria circular &agrave; desejo entre a elite rio-pretana. Ent&atilde;o, aos 14 anos, nasceu tua primeira coluna, no mural do Instituto de Educa&ccedil;&atilde;o Monsenhor Gon&ccedil;alves, o mais respeit&aacute;vel da localidade. “Ficava esperando de distanciado a rea&ccedil;&atilde;o das pessoas”, lembra.</p>

<ul>

<li>1 mes atr&aacute;s (25-06-2018)</li>

<li>No campo</li>

<li>Arredonde bordas</li>

<li>O que significa aquela mensagem que ele mandou com inten&ccedil;&atilde;o de mim</li>

<li>Mar.2015 - Conserve caldos para exerc&iacute;cio futuro Reprodu&ccedil;&atilde;o / SOS Solteiros Mais</li>

</ul>

las_fotos_de_annie_leibovitz_2063_1200x800.jpg

<p>De l&aacute; pro jornal ambiente onde obteve seu pr&oacute;prio espa&ccedil;o, aos 16, foi um pulo. Aos 21, quando cursava a universidade de justo de Rio Preto, era colunista respeitado e requisitado pela cidade do interior paulista. Com vinte e sete anos, casado e pai de 2 filhos, veio tentar a sorte pela capital.</p>

<p>Trabalhou em telejornais, r&aacute;dio, carros impressos… E teve a enorme sacada de tua vida em 1982, no momento em que montou o Flash, programete de 5 minutos exibido pela Televis&atilde;o Gazeta, em que mostrava festas badaladas da cidade. Um quarto de s&eacute;culo e mais de 30.000 entrevistas depois, Amaury comanda hoje, aos 56 anos, um programa que leva seu nome, exibido na RedeTV!</p>

<p>De ter&ccedil;a a sexta, quando vai ao ar da 0h05 &agrave; 1h30, alcan&ccedil;a audi&ecirc;ncia m&eacute;dia de 2 pontos. O ibope sobe para tr&ecirc;s pontos aos s&aacute;bados, dia em que &eacute; exibido das 22h &agrave; 0h30. Amaury passou pela Record e pela Bandeirantes, onde se consolidou como pioneiro do colunismo social eletr&ocirc;nico no Brasil. O im&oacute;vel, onde vive com a mulher, Celina, ocupa um andar inteiro de um pr&eacute;dio de alt&iacute;ssimo padr&atilde;o.</p>

<p>&Eacute; decorado com sof&aacute;s italianos e mesas de vidro belga. Ali, duas cole&ccedil;&otilde;es dele t&ecirc;m territ&oacute;rio de destaque: uma DVDteca com 12.000 t&iacute;tulos, a maioria document&aacute;rios, e dezenas de bonequinhos, do Pernalonga aos Beatles. Como os filhos (Amaury, de 32 anos, e Maria Eduarda, de 30) casaram e mudaram, seus quartos abrigam nos dias de hoje roupas e sapatos que n&atilde;o cabem mais no closet do pai. S&oacute; as gravatas s&atilde;o mais de Utilizando A C&acirc;mera Inteligente , que obteve de amigos e patrocinadores. “Se comprei umas cinco, foi muito”, conta ele. Em troca da exposi&ccedil;&atilde;o de seus nomes nos cr&eacute;ditos do programa, marcas como Ricardo Almeida, Paul &amp; Shark e Camargo Alfaiataria fornecem pe&ccedil;as sem cobrar.</p>

<p>“Todo apresentador faz isso”, diz ele, que tamb&eacute;m possui 200 pares de sapatos, quase todos feitos perante medida. Amaury, que descal&ccedil;o mede 1,76 metro, fica 3 cent&iacute;metros mais alto no momento em que cal&ccedil;a um deles. Outra permuta &eacute; com restaurantes (como o A Esbelta Sintra, citado no in&iacute;cio dessa reportagem, o Catherine e o La Tambouille).</p>

<p>O acordo permite que o colunista e alguns de seus funcion&aacute;rios fa&ccedil;am tuas refei&ccedil;&otilde;es pela faixa. Imagens Novas De Jo&atilde;ozero Joaozero facilidades e o prest&iacute;gio de que desfruta. Ainda sua, ali&aacute;s. Ao menos tr&ecirc;s vezes por semana, ruma pro cen&aacute;rio que se tornou seu habitat: os eventos. Ironicamente, ele diz ter avers&atilde;o a este agito todo.</p>

<p>“Odeio festa”, jura de p&eacute;s juntos. “N&atilde;o irei curtir, todavia sim trabalhar”, explica. A impress&atilde;o que se tem, diante das c&acirc;meras, &eacute; bem o oposto disso. Animado, falante e, ir&aacute; l&aacute;, meio grudento, segurando o bra&ccedil;o de seus entrevistados, pergunta coisas constrangedoras, com um sorriso nos l&aacute;bios. Esse agarra-agarra - ele quase sempre termina tuas conversas com um estalado beijo pela bochecha das gurias - fez aparecer recentemente um boato de que tinha se separado de Celina. O casal desmente a hist&oacute;ria.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License